Dilma reivindica assento no Conselho de Segurança


CLIC AQUI   Em visita à África, a presidente Dilma Rousseff voltou a reclamar nesta quinta-feira por um assento permanente no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). "Nada justifica que África e América do Sul permaneçam sem representação do Conselho de Segurança da ONU", disse a presidente, durante discurso na cerimônia de abertura da III Cúpula América do Sul-África (ASA), em Malabo, capital de Guiné Equatorial. O encontro reúne 54 países africanos e 11 sul-americanos.

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item