ARRAIÁ DA MIRA: O PÚBLICO LOTOU AS ARQUIBANCADAS DO SHOPING IMPERIAL, UM VERDADEIRO ESPETÁCULO.


O público que lotou as arquibancadas e áreas de mesas conferiu grandes espetáculos.

IMPERATRIZ – O tradicional concurso de quadrilhas animou o público presente no primeiro dia de Arraiá da Mira. Das seis quadrilhas previstas para se apresentarem na noite, apenas quatro compareceram. O colorido das bandeirolas, as estampas e os acessórios que compõem o figurino do período junino deram o brilho a festa. Veja a galeria de fotos aqui.
Foto: Alan Milhomem
O público imperatrizense compareceu em peso no primeiro dia de Arraiá da Mira. Crianças, jovens e adultos foram chegando aos poucos e logo lotaram as duas arquibancadas e área de mesas. O público que compareceu assistiu grandes espetáculos, cada brincadeira trouxe uma história diferente, mas a alegria do período junino tomou conta de todas. As vestimentas eram um espetáculo à parte, do luxo ao tradicional o que não faltou foi cor e brilho.

As barracas dos universitários ofereciam os mais diversos tipos de comidas, típicas ou não do São João. Da tradicional pamonha, canjica e bolo de milho, ao churrasco, galinha caipira e, para o bom imperatrizense, a tradicional panelada podiam ser encontrados nas barracas. A animação musical ficou por conta do cantor Danilo Lima.

Concurso
A primeira quadrilha a se apresentar, participando do concurso, foi a ‘Rasga Mii’ de Barra do Corda, distante 308 km de Imperatriz. Nas cores rosa, amarelo e preto, a quadrilha trouxe para a arena o enredo “Na sala de Reboco”, que retratou um arraiá numa sala de casa pau-a-pique, típica do interior do Maranhão. O sincronismo nos passos e a alegria dos 50 brincantes prenderam a atenção do público.
Com o tema: "De um baile perfumado, surge a história da impera junina num sertão encantado", a ‘Impera Junina’ foi a segunda quadrilha a entrar na arena. Com o colorido das roupas e a empolgação dos brincantes, a quadrilha fez um grande arraiá no sertão. Uma grande cobra formada pelos homens durante a coreografia foi um dos destaques da Impera.
Foto: Alan Milhomem
A terceira e mais esperada quadrilha da noite levantou o público e foi recebida com aplausos e gritos. A ‘Arrasta Pé’ veio grande não só em número de brincantes, 85, mas em estrutura também. Com a proposta de fazer da arena um grande cenário para a gravação de um filme, a quadrilha encantou o público presente. “Festa, fogueira, balão: uma história de amor vira filme de São João” foi o tema da Arrasta Pé este ano, que mesclou o luxo das roupas dos brincantes com uma a tradicionais músicas de São João.
Fechando a noite, a ‘Encosta Neu’ de campestre trouxe para a arena de apresentação uma quadrilha simples e contra a homofobia. De forma irreverente e alegre os homens fizeram apresentações femininas e vice-versa. Com o tema “Do moderno a tradição, da cidade ao sertão, preconceito diga não!”, a apresentação agradou ao público arrancando aplausos e gargalhadas com as apresentações ao longo da quadrilha. O azul e o vermelho foram as cores da brincadeira este ano.
Fonte: imirante.com

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item