O ESTADO DE MICHAEL SCHUMACHER É DE MELHORA.




Schumacher melhora após nova cirurgia, mas próximas horas serão "cruciais" 



Do UOL, em São Paulo


A médica Jacqueline Hubert, do hospital de Grenoble, disse que o estado de saúde de Michael Schumacher "melhorou um pouco" após uma nova intervenção cirúrgica realizada nesta terça-feira. O heptacampeão mundial fez uma nova operação, que durou cerca de duas horas, em função das lesões no cérebro causadas pelo acidente ao bater a cabeça ao andar de esqui.

"A situação melhorou um pouco após uma re-intervenção. A nova verificação mostrou que a saúde de Schumacher melhorou", disse a Hubert durante coletiva de imprensa, nesta terça-feira.

O outro médico que atende o ex-piloto, Jean-Francois Payen, explicou que outras lesões foram apontadas durante a varredura, em um processo que durou mais de duas horas."Houve um espaço para que uma nova cirurgia fosse feita. A equipe médica, em acordo com a família de Schumacher, propôs a eles nossa estratégia terapêutica. Isto nos permitiu, como esperávamos, controlar melhor a situação", disse.

"A situação está mais controlada do que em relação a ontem, mas não podemos dizer que ele está fora de perigo. Ganhamos algum tempo e as próximas horas serão cruciais", cravou Payen, que vem acompanhando o ex-piloto desde domingo, quando sofreu um grave acidente enquanto esquiava com o seu filho de 14 anos fora das pistas sinalizadas da estação de Méribel.

Payen descartou a transferência de Schumi para outro hospital a curto prazo. "Uma transferência seria perigosa, porque a condição médica de Schumacher ainda é frágil. Esta questão virá e decidiremos sobre isso no momento no qual esta transferência puder se realizar. No momento, e com o apoio de uma equipe médica ao nosso redor, achamos importante que ele continue aqui", afirmou.

VEJA MAIS SOBRE O ACIDENTE COM SCHUMACHER

Apesar disso, ele e os outros médicos alertaram que o ex-piloto da Ferrari não está livre de perigo, pois sua situação ainda é crítica. "O estado continua crítico, mas já não é mais o mesmo de ontem", disse Emmanuel Gay, chefe neurocirurgião do hospital.

Ele também disse que Schumacher continuará em coma induzido "o quanto tempo for necessário".
Michael Schumacher

fonte: http://esporte.uol.com.br

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item