Oposição protocola CPMI da Petrobras com 230 deputados e 30 senadores. Venceu a democracia!



Parlamentares da oposição protocolaram, há pouco, o pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista para investigar denúncias de irregularidades na Petrobras. Ao todo 30 senadores e 231 deputados assinaram o requerimento, entregue na Secretaria Geral da Mesa do Senado. Depois que as assinaturas forem conferidas, o pedido fica liberado para ser lido na próxima sessão do Congresso, marcada para o dia 15.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) declarou que apresentará questão de ordem ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), solicitando a marcação de uma sessão extraordinária do Congresso para a leitura do requerimento, devido à gravidade do tema e à expectativa da sociedade em relação ao assunto.


Aécio acrescentou que o governo tem todo o direito de querer investigar as denúncias envolvendo o metrô de São Paulo, por exemplo, mas ressaltou que a proposta de uma CPI abranja esse tema e a Petrobras é somente uma manobra para tumultuar o processo e obstruir a investigação das irregularidades cometidas na gestão da estatal do petróleo.


- Investiguem o que acharem necessário, abram quantas CPIs quiserem, o governo tem maioria para isso, mas não usem do instrumento da violência para impedir uma manifestação constitucional e regimental da minoria – disse. A CPI mista para investigar irregularidades na Petrobrás será composta por 13 senadores e 13 deputados titulares, e igual número de suplentes, com até 180 dias para concluir o seu trabalho.

fonte: CoroneLeaks

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item