BATEU LEVOU: MADEIRA RETRUCA PEDRO FERNANDES E RESPONDE O SARNEÍSTA Á ALTURA QUE ELE MERECE.


Madeira diz que o povo deveria ter medo é de Pedro Fernandes


O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB) não deixou barato as declarações do deputado federal Pedro Fernandes (PTB), reverberadas nos blogs de Marco D’Eça e Gilberto Léda. Colocado de escanteio pelo grupo Sarney, o ex-secretário de Educação do Estado disse, em entrevista à Rádio Capital, que tem medo da volta de um governo do PSDB ao país.

Ao tomar conhecimento do fato, Sebastião Madeira, que é uma das principais lideranças do PSDB do Maranhão e referência na direção nacional do partido, entrou em contato com este blog e rebateu em tom firme o que disse Fernandes.

“O povo devia ter medo é do secretário, que enquanto as crianças morrem em ‘pau-de-arara’ existem dezenas de dezenas de ônibus escolares entocados“, disparou Madeira em conversa por telefone com o editor deste blog, referindo-se ao fato de que 64 ônibus novos, adquiridos para transporte escolar em municípios do interior do Estado, estão guardados, há pelo menos três meses, em um depósito da Secretaria de Educação (Seduc), no bairro do Turu, em São Luís. A distribuição correta desses veículos no Maranhão poderia ter evitado a tragédia no município de Bacuri, que vitimou adolescentes no último dia 30 de abril.


Ao desmentir que o PSDB vai acabar com o Bolsa Família, o prefeito reiterou ainda que os programas sociais hoje existentes foram criados no governo do PSDB. Neste domingo, o Jornal Pequeno publica uma entrevista bombástica com Madeira. Em certo trecho, ela chega a dizer que traidores foram aqueles que conspiraram contra a candidatura de Luis Fernando.


Aécio vai manter o Bolsa Família

Durante discurso no ato que oficializou o apoio do PSDB à pré-candidatura de Flávio Dino (PCdoB) ao governo, ocorrida no último dia 9 em São Luís, o senador Aécio Neves negou que queira acabar com o Bolsa Família. O presidenciável tucano afirmou que vai manter o programa e acrescentou que é dele a proposta que transforma o Bolsa Família em política de Estado.

“Por incrível que pareça é o PT que está retardando a tramitação desse projeto. Eles querem ter um programa para chamar de seu e usar como plataforma eleitoreira”, criticou Neves na cerimônia que sacramentou a aliança entre comunistas e tucanos para derrotar a oligarquia Sarney. A união tem como finalidade tirar o Maranhão das últimas colocações nos indicadores sociais e fazer com que o estado saia da condição de atraso/miséria em que se encontra.

A declaração de Aécio foi uma resposta a acusações, infundadas, de aliados do grupo Sarney no Maranhão que apoiam a candidatura de Lobão Filho (PMDB) de que a oposição poderia extinguir o programa se fosse eleita.

O projeto de Aécio Neves prevê a incorporação do Bolsa Família à Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS) para se tornar permanente, atrelado às políticas públicas de assistência social e erradicação da pobreza no país. 

O tucano também apresentou outro projeto, em tramitação no Senado, que assegura aos chefes de família receberem o benefício do Bolsa Família seis meses depois de conseguirem um emprego com carteira assinada.


Blog: johncutrim

Notícias Relacionadas

POLITICA 4147129545617970439

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item