Teto de votos em Dilma está em queda

Potencial de apoio à petista nas urnas caiu para 47%, mesmo nível da época dos protestos em 2013; índices de Aécio e Campos estão crescendo

São Paulo - A última pesquisa Ibope revela que o potencial de votos da petista Dilma Rousseff - a parcela máxima de eleitores que admitem votar nela em um determinado momento - caiu aos níveis de julho do ano passado, época dos protestos de rua que corroeram a popularidade da presidente.

Além de medir a intenção de voto - ao apresentar a lista de pré-candidatos e pedir ao entrevistado que aponte seu preferido -, o Ibope cita o nome de cada concorrente e pergunta se o eleitor votaria nele com certeza, se poderia votar, se não votaria de jeito nenhum ou se não o conhece o suficiente para responder. A soma das duas primeiras respostas - "votaria com certeza" e "poderia votar" - é o potencial de votos de cada presidenciável, isto é, o teto de votação em um determinado momento.

No caso de Dilma, esse potencial está hoje em 47%, metade do que ela apresentava há pouco mais de um ano, em março de 2013, quando nenhuma crise parecia estar no horizonte.

Em julho de 2013, porém, o potencial de votos havia desabado para 49%, como consequência da onda de protestos que atingiu as principais cidades do País. A aprovação ao governo Dilma, na época, também sofreu forte queda, de 63% em março para 31% em julho.

Notícias Relacionadas

POLITICA 6755476535654314651

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item