"PDT não cumpriu acordo", diz Hilton Gonçalo


O pré-candidato ao governo, Hilton Gonçalo (PDT), revelou neste fim de semana, que aguarda a convenção estadual do seu partido para que seja anunciado o rumo oficial da legenda nesta eleição. O ex-prefeito de Santa Rita fez questão de lembrar do acordo celebrado, entre a direção estadual e ele: “o partido me prometeu a legenda, caso não indicasse a vaga de vice-governador, isto não ocorreu e o acordo não foi cumprido”.
Hilton lembra que o PDT foi protagonista nas últimas três eleições para governador e após 12 anos, ficará de fora da disputa majoritária sem indicar sequer o candidato vice-governador, como foi prometido pelo grupo oposicionista ainda em 2012.

“O PDT está perdendo espaço na política maranhense, perdemos a prefeitura de São Luís e agora não teremos mais nem representatividade majoritária, lamento profundamente, que o legado e a memória de Jackson Lago não esteja sendo respeitado”, declarou.

Ele ainda falou sobre a preocupação ser maior com os interesses pessoais dentro do seu partido. “Percebo que preferem priorizar as eleições dos seus deputados à eleição majoritária”, completou.

O médico diz que não pretende se envolver na disputa para governador e senador do Maranhão, mas apoiará diversos candidatos a deputado estadual e federal. Na semana passada, ele esteve reunido com os médicos Yglésio Moyses (PT) e Igor Lago (PPS), e aproveitou para anunciar que os apoiará na disputa proporcional, porém este leque de apoios ainda é muito maior.

Sobre seu futuro no PDT, Hilton Gonçalo anuncia que passará por um momento de reflexão e logo após as eleições, deve definir seu futuro. Em 2013, o ex-prefeito de Santa Rita, recebeu convites de diversos partidos para se filiar, entre eles: PV, PP, PR, PRP, PSDC, PPL e outros.

Notícias Relacionadas

POLITICA 3290712989117721839

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item