Aécio provoca Dilma: 'Somos mais de 75% de pessimistas'


Aécio Neves
O candidato do PSDB à Presidência da República, o senador Aécio Neves, condenou nesta sexta-feira a presidente-candidata Dilma Rousseff por considerar as críticas da oposição ao governo como mera expressão de "pessimismo". Em discurso na cidade de Botucatu, interior de São Paulo, o presidenciável afirmou que é hora de Dilma "sair do casulo dos eventos programados e ir para a rua ver as pessoas". E prosseguiu: "se ela for às ruas, vai compreender que o pessimismo não é das oposições, é dos brasileiros em relação ao seu governo, e não em relação ao país. Somos mais de 75% de pessimistas", disse o tucano.

Durante visita às obras da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, Dilma voltou a tachar de pessimista a análise de especialistas sobre o desempenho econômico atual do Brasil. Aécio respondeu: "É bom que fique claro que o pessimismo não é em relação ao Brasil. Lamento que a presidente da República continue a colocar palavras na boca dos seus adversários", afirmou o tucano.

O candidato do PSDB ao Palácio do Planalto dedicou parte desta sexta-feira ao corpo a corpo com eleitores em uma das principais avenidas de Botucatu. O tucano estava acompanhado do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que concorre à reeleição, e do candidato da chapa ao Senado, José Serra.

Na mesma cidade, Aécio visitou um hospital do governo estadual voltado ao tratamento de dependentes de álcool e drogas, onde conversou com pacientes e comparou as instalações a um clube: o complexo, inaugurado em novembro, é equipado com quadra poliesportiva, piscina e churrasqueira. Aécio jogou sinuca com um ex-viciado – e, com duas tentativas, encaçapou a bola 13, número do PT. "Foi em segundo turno, mas terminou eliminada", brincou.



fonte:http://180graus.com / Com informações da Veja

Notícias Relacionadas

POLITICA 7505883092394356570

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item