Depois de 12 anos de PT no poder, Dilma Rousseff reconhece os "graves problemas" na Saúde. E quer mais 4 anos!


Em evento que reuniu apenas 20% dos prefeitos gaúchos, demonstrando a falta de apoio que tem naquele estado, Dilma Rousseff fez a confissão mais relevante da sua incompetência e da falta de preparo do PT para gerir o Brasil. Reconheceu que continua morrendo gente nas filas por falta de atendimento, nos postos de saúde por falta de exames médicos, nos hospitais por falta de leitos e de especialistas.

Em discurso no encontro com prefeitos, vice-prefeitos e vereadores do Rio Grande do Sul, na manhã deste sábado, Dilma Rousseff admitiu, mais uma vez o que já tinha declarado ao país em pleno Jornal Nacional: a existência de um "problema grave" na saúde pública brasileira e falou a respeito da relação do governo federal com as prefeituras. – Temos que dar muitos passos na questão da saúde para criar um sistema de saúde de qualidade – reconheceu a presidente no centro de eventos do Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre.

A presidente de referiu principalmente às dificuldades de acesso ao atendimento prestado por especialistas em áreas como cardiologia e endocrinologia: – Temos de resolver um problema grave quando as pessoas precisam ter acesso a isso (especialistas) e a exames laboratoriais. 

Lembrou, é claro, do programa marqueteiro do Mais Médicos, onde os cubanos são treinados a ijmpedir que os pacientes procurem atendimento especializado, enrolando-os com atenção básica. Deu o problema da falta de médicos como resolvido, quando este continua sendo o mais desesperador pela falta de uma carreira de Estado que Aécio Neves já se comprometeu a criar. – Temos de resolver o restantes dos problemas – reiterou Dilma que citou ainda como desafios a construção, gestão e o atendimento relacionados a hospitais.


fonte: blog CoroneLeaks

Notícias Relacionadas

POLITICA 2349844853143054606

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item