IBOPE PESQUISA ELEITORAL PARA PRESIDENTE AGOSTO 2014


Ibope: Dilma tem 38%, Aécio, 23%, e Campos, 9% das intenções de voto

Pesquisa Ibope divulgada na noite desta quinta-feira (7) mostra que a presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), lidera a corrida presidencial com 38% das intenções de voto. Atrás dela aparece o senador Aécio Neves (PSDB), com 23%, seguido pelo ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), com 9%. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

De acordo com o Ibope, Pastor Everaldo (PSC) tem 3% das intenções de voto. Eduardo Jorge (PV) e Luciana Genro (PSOL) possuem 1%, cada. Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB) e Rui Pimenta (PCO) não pontuaram. Os votos brancos e nulos correspondem a 13% do total; 11% não souberam responder. 

Intenção de Voto

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA


Dilma Rousseff

Aécio Neves

Eduardo Campos

Everaldo Pereira

Eduardo Jorge

Luciana Genro

Eymael

Levy Fidelix

Outros

Brancos e nulos

Indecisos
18 NOV2013
20 MAR2014
17 ABR2014
22 MAI2014
22 JUL2014
07 AGO2014
0%5%10%15%20%25%30%35%40%45%50%
38%
23%
9%


Ao todo, 2.506 pessoas foram entrevistadas pelo Ibope entre o último domingo (3) e esta quinta-feira (7). A pesquisa foi contratada pela Globo e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-00308/2014.

O período de realização das entrevistas coincide com o início da cobertura das eleições pelos telejornais da Globo --entre eles o Jornal Nacional--, que são os noticiários com maior audiência na televisão. A emissora passou a acompanhar os candidatos na segunda-feira (4).

Na pesquisa Ibope anterior, divulgada em 22 de julho, Dilma tinha 38%, Aécio, 22%, e Campos, 8%. Pastor Everaldo aparecia com 3%. Eduardo Jorge, Luciana Genro e Zé Maria possuíam 1%. Eymael, Fidelix, Iasi e Pimenta não pontuaram. Votos brancos e nulos somavam 16%, e 9% não responderam.

Apesar de liderar a corrida presidencial, Dilma possui a maior rejeição entre os candidatos (36%). Ainda segundo o Ibope, 32% consideram governo Dilma "ótimo" ou "bom" e 31% consideram-no "ruim" ou "péssimo".


Campanha presidencial 2014 86 fotos84 / 86

9.ago.2014- Candidata à reeleição pelo PT, a presidente Dilma Rousseff visitou neste sábado (9) Osasco, na Grande São Paulo. A visita foi marcada por um gesto típico de candidato. Dilma fez questão de posar para fotos experimentando um cachorro-quente. Também na cidade, Dilma trocou o nome da obra de canalização do braço morto do Tietê por "braço seco" e aproveitou o ato falho para atacar a crise hídrica do sistema Cantareira e alfinetar o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). "É a canalização do braço seco por conta da Cantareira e do braço morto por conta do volume morto", disse a presidente Leia mais Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo
Segundo turno

O Ibope simulou um eventual segundo turno entre Dilma e Aécio e entre a petista e Campos. Contra Aécio, Dilma tem 42% das intenções de voto, e o tucano, 36%. Já diante de Campos, a presidente aparece com 44% contra 32% das intenções de voto para o candidato do PSB.

Não é possível afirmar se haveria ou não segundo turno pois, no cenário atual, há empate técnico entre as intenções de voto de Dilma e a soma dos demais candidatos.

Na pesquisa anterior, o Dilma tinha 41% das intenções de voto no segundo turno com Aécio, contra 33% do tucano. Diante de Campos, tinha 41%, contra 29% do candidato do PSB.

Simulação de 2º turno

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

  • Dilma Rousseff

  • Aécio Neves

42%
36%
Brancos e nulos 15% Indecisos 7% - 07/08/2014
  • Dilma Rousseff

  • Eduardo Campos

44%
32%
Brancos e nulos 16% Indecisos 8% - 07/08/2014



Ibope / TV GloboPesquisa do dia 07/08/2014, realizada entre os dias 03 e 07/08/2014; Registro nº: BR-00308/2014; Amostra: 2.506; Margem de erro:+-2 pontos percentuais.


Espontânea


Na pesquisa espontânea, em que não se mostra ao entrevistado a lista de candidatos, 25% declararam voto em Dilma, 11% em Aécio e 4% em Eduardo Campos. Em 22 de julho, Dilma tinha 26%, Aécio, 12%, e Campos, 4%.
Cobertura televisiva


Por conta da maior exposição em função da cobertura da Globo, as principais campanhas preencheram as agendas dos candidatos com eventos públicos direcionados à cobertura televisiva.


Na segunda, Dilma chegou a trocar a agenda oficial que teria no Palácio do Planalto, em Brasília, por uma visita a um posto de saúde em Guarulhos (Grande SP), onde trabalham profissionais estrangeiros contratados pelo Mais Médicos, carro-chefe da campanha petista.

Durante a visita ao posto, foram gravadas imagens para o horário eleitoral. Na terça-feira (5), a candidata à reeleição visitou pela primeira vez o canteiro de obras da usina hidrelétrica de Belo Monte. No evento, a campanha de Dilma também captou imagens para o programa eleitoral.

Ontem (6), Dilma, Aécio e Eduardo participaram do encontro dos presidenciáveis com a CNA (Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária). Nesta quinta, a presidente participou de um almoço com empreendedores em Brasília e, à noite, foi a um ato com sindicalistas de várias centrais sindicais em São Paulo, ao lado de Luiz Inácio Lula da Silva.

Hoje, Aécio também esteve com sindicalistas, entre ele Paulinho da Força, presidente do Solidariedade, em evento com metalúrgicos da fábrica Voith, na zona norte de São Paulo. Na segunda, o senador participou de um congresso de ruralistas na capital paulista. Na terça, o tucano esteve em um encontro com profissionais de saúde. Ontem, além do debate no CNA, inaugurou o comitê do candidato do PSDB ao Distrito Federal, Luiz Pitiman.

Já Campos usou a semana para participar de encontros com entidades de classe (terça e quinta), esteve com evangélicos em Brasília (quarta) e, na tarde de hoje, fez caminhada pelo Pelourinho, em Salvador, e participou de um encontro com jovens da capital baiana


fonte:noticias.bol.uol.com.br

Notícias Relacionadas

POLITICA 5034021620168446335

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item