Eduardo Jorge (PV) e Pastor Everaldo (PSC) decidem apoiar Aécio

O Partido Verde de Eduardo Jorge decidiu nesta quarta-feira apoiar Aécio Neves (PSDB) no segundo turno, contra Dilma Rousseff. A votação foi encerrada com 33 votos para apoiar Aécio, apenas 6 votos para apoiar Dilma e 3 abstenções.

- Muito cômodo é se omitir e não tomar posição. O PV não fará isso. Não são os chavões e dogmas que são despejados sobre o povo, mas os argumentos e capacidade de ouvir críticas e ajudar a avançar. Temos que comparar. Tivemos uma dificuldade (em fechar o apoio a Aécio): apresentamos programa. Aécio demorou, mas a candidata que vai fazer a finalíssima com ele não tem programa, não apresentou programa -, disse o candidato verde.  Eduardo Jorge, que recebeu pouco mais de 630 mil votos, afirmou que o programa de Aécio é o que fica “mais próximo” do programa do PV.

Depois de uma reunião de quase duas horas com a bancada da Câmera e a executiva da legenda, Pastor Everaldo que obteve pouco mais de 780 mil votos e seu partido (PSC) também decidiram apoiar Aécio Neves. Ao anunciar oficialmente o apoio, Everaldo pediu a Aécio que não descuidasse dos pobres, que tire o Brasil das páginas policiais, e que dê atenção às Forças Armadas.

— Fomos enfáticos em dizer que a mudança que o Brasil precisa, que foi demonstrada nas pesquisas, e nós do PSC entendemos, é você quem encarna essa mudança para tirar o país do mar de lama de corrupção que estamos — disse.

Já o PSOL vetou qualquer apoio ao tucano por parte dos militantes. "Não é cabível qualquer apoio de nossos filiados a sua candidatura”, diz a nota do partido da candidata Luciana Genro, que terminou com 1,6 milhão de votos. O PSOL também não declarou apoio a Dilma.


fonte plantaodapolitica.blogspot.com.br

Notícias Relacionadas

POLITICA 84056818172269878

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item