Irmão de Eduardo Campos declara voto em Aécio Neves no 2º turno


Irmão de Eduardo Campos declara voto em Aécio Neves no 2º turno
'Declaração é em meu nome pessoal', informou advogado Antônio Campos.
Reunião do Diretório Nacional do PSB ocorre próxima quarta, em Brasília.

Antônio Campos, irmão de Eduardo Campos, declara apoio a Aécio Neves no segundo turno (Foto: Reprodução/Facebook)

O advogado Antônio Campos, irmão do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, declarou voto no candidato à Presidência pelo PSDB, Aécio Neves, no segundo turno das eleições. “Ressalto que tal declaração é em meu nome pessoal. Acho salutar uma mudança, nesse momento, para o Brasil”, afirmou Antônio Campos em nota publicada no Facebook, no fim da tarde desta segunda (6).

Eduardo Campos, que foi presidente nacional do PSB, era o nome escolhido pelo partido para disputar a Presidência. Marina, que disputava na chapa como sua vice, teve a sua candidatura lançada após a morte trágica do pernambucano. Ela obteve 21% dos votos válidos no pleito de domingo (5), ficando em terceiro lugar no primeiro turno.

O presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes, afirmou ao G1 nesta segunda que a reunião do diretório local vai ocorrer ainda na noite de hoje ou na terça (7). O encontro não será aberto à imprensa. O resultado sobre o apoio da legenda estadual no segundo turno será levado para reunião do diretório nacional, marcada para quarta (8), em Brasília.
Presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes, disse
que decisão local será levada ao encontro do Diretório
Nacional da legenda (Foto: Renan Holanda/G1)

“O governador Paulo Câmara (PSB) vai conduzir essa decisão junto aos companheiros aqui do partido, mas essa é uma decisão nacional. A executiva nacional do partido já chamou pra si, lá em Brasília, uma reunião onde nós iremos, após ouvir os companheiros, após ouvir o resultado das eleições em vários estados e as pendências regionais que ainda permanecem para o segundo turno, eu creio que a partir de quarta-feira nós tenhamos a posição final do partido", afirmou Sileno Guedes.

O atual governador de Pernambuco, João Lyra Neto, também do PSB, já havia informado, por meio de nota divulgada na noite do domingo (5), que vai apoiar o senador mineiro no segundo turno.

“O Brasil enfrenta um momento muito delicado em sua economia e, também, um esgarçamento no seu tecido político. É fundamental lutarmos para o país voltar a crescer e [é] indispensável uma reforma política. Creio que Aécio Neves conquistou a condição de liderar esse momento da política nacional”, revelou o governador.

João Lyra Neto ainda disse que a ascensão de Aécio Neves na reta final do processo eleitoral foi fruto do seu “excelente desempenho nos debates”. “Aécio tem uma trajetória de compromisso com a redemocratização do país, processo que seu avô, Tancredo Neves, teve papel decisivo, contando com a participação de meu irmão Fernando Lyra”, explicou. Lyra, que retornou nesta segunda ao Recife após votar em Caruaru, é integrante do diretório nacional do PSB.




fonte: Do G1 PE

Notícias Relacionadas

POLITICA 3232118720382984451

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item