Aécio volta ao Senado e assume papel de líder da oposição


PSDB organiza grande evento político amanhã na Câmara dos Deputados para receber oficialmente o senador 


O senador Aécio Neves (PSDB-MG) chegou nesta terça-feira por volta das 15h15 ao Congresso Nacional sob gritos "Aécio", "Presidente", "Fora PT" e versos do "Hino Nacional" proferidos por cerca de 600 pessoas, entre militantes, assessores e parlamentares, segundo estimativa de seguranças do Legislativo.

Candidato derrotado no segundo turno pela presidente Dilma Rousseff (PT), Aécio aparece pela primeira vez em Brasília para "assumir" o seu "papel de líder da oposição". Em rápida entrevista no aeroporto de Brasília, o senador declarou: "Vamos cobrar tudo o que o governo prometeu e não está cumprindo. Não me sinto derrotado, me sinto um vitorioso, porque defendemos o que está vivo no coração dos brasileiros".

Nesta quarta-feira o PSDB organizará um grande evento na Câmara dos Deputados para recepcionar Aécio oficialmente no Congresso e reforçar seu papel como líder da oposição. O encontro, que originalmente seria uma reunião da executiva do partido para celebrar os deputados e senadores eleitos, foi transformado em um ato político a pedido de Aécio Neves, que acumula a presidência nacional do PSDB. Governadores do partido, como Geraldo Alckmin, de São Paulo, devem comparecer.

Esta será a primeira aparição pública oficial de Aécio desde o discurso do dia 26 de outubro, quando reconheceu a derrota para a presidente reeleita Dilma Rousseff. Nesta terça, ainda no aeroporto de Brasília, Aécio rechaçou as manifestações que pediam o retorno dos militares ao poder e afirmou ser um defensor intransigente da democracia.



fonte: ISTOÉ

Notícias Relacionadas

POLITICA 326945193163372132

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item