Dilma e a mentira contada mil vezes...

.
"Eu mesma despedi, três anos antes das investigações, o diretor que confessou para a Justiça a existência de um esquema de desvio de dinheiro na Petrobras".


Esta declaração, fartamente desmentida no Brasil, foi dadapor Dilma Rousseff ao jornal El Mercúrio, do Chile. Foi comprovado que Paulo Roberto Costa pediu demissão, em renúncia aceita pelo Conselho de Administração da Petrobras, com menções elogiosas feitas por Guido Mantega, seu presidente, pelos relevantes serviços prestados. 

Eis o texto da ata assinada por Guido Mantega, que comprova a mentira internacional de Dilma:

“O presidente do Conselho de Administração, Guido Mantega, em face da renúncia do diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa, submeteu o nome do senhor José Carlos Cosenza, indicado pela presidente da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster, para substituí-lo... Outrossim, determinou o registro dos agradecimentos do colegiado ao diretor que deixa o cargo, pelos relevantes serviços prestados à companhia no desempenho de suas funções”.



blog: CoroneLeaks

Notícias Relacionadas

POLITICA 5229005814462070033

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item