EXTINTORES EM FALTA: DERAN-MA DEVERIA ADIAR FISCALIZAÇÃO REFERENTE NOVA LEI DOS NOVOS EXTINTORES ABC QUE ENTROU EM VIGOR DIA 1° DE JANEIRO.


Resolução determina que equipamentos devem ser do tipo ABC.
Rodar fora da determinação é infração grave, sujeita a multa de R$ 127,69.

Desde a última quinta-feira (1), todos os veículos em circulação no país devem possuir um novo tipo de extintor, chamado de ABC. O equipamento é capaz de apagar incêndios de uma variedade maior de materiais. As medidas fazem parte da resolução 333 do CONTRAN, o Conselho Nacional de Trânsito, de 6 de novembro de 2009.

Até então, os veículos podiam ser equipados também com extintores do tipo BC, recomendado para materiais como líquidos inflamáveis e equipamentos elétricos. O ABC, além destes, também é capaz de combater incêndios em madeira e tecidos, materiais comuns em carros.

Apenas veículos de ano/modelo anterior a 2004/2005 precisam realizar a substituição dos extintores. Isso porque, a partir de 2005, todos os veículos novos saíram de fábrica com os equipamentos do tipo ABC, de acordo com a resolução 157 do CONTRAN, de 22 de abril de 2004.

O novo tipo de extintor custa entre R$ 70 e R$ 100, e tem validade de cinco anos. Quem rodar com o extintor fora das especificações, seja do tipo de aparelho, seja de validade, está cometendo infração grave, sujeito a multa de R$ 127,69 e inclusão de cinco pontos na carteira.

Lei obriga os veículos a utilizarem novo modelo de extintor de incêndio (Foto: Reprodução/TV Diário) fonte:Do G1, em São Paulo



O DENTRAN do maranhão poderia adiar a fiscalização referente a nova lei sobres os extintores,  prolongando o prazo pelo menos até o fim de fevereiro, a exemplo do estado do Ceará que prolongou, e nesse período só fará fiscalização educativa, devido a falta do produto no mercado, por causa que a procura está maior, que a demanda.

Notícias Relacionadas

GERAL 7799380665692229708

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item