Três presos em imperatriz:Caso Pedro Ventura



A prisão foi pedida pelo assistente de acusação, Jorge Ventura.

Divulgação

IMPERATRIZ – Mais duas pessoas foram presas suspeitas de envolvimento no desaparecimento do microempresário Pedro Ventura, e o dentista Leonardo Mendes também voltou a ser preso. O policial militar André Duarte e Samara Ribeiro, esposa de Daniel, que está preso por envolvimento no caso, foram presos na tarde desta segunda-feira (21).

A prisão foi pedida pelo assistente de acusação, Jorge Ventura. Os três foram levados para o Plantão Central da Polícia Civil, onde foram ouvidos pelo delegado e devem ficar à disposição das autoridades.

Segundo o advogado de defesa do dentista, a prisão é ilegal, pois não foi a Justiça ou Ministério Público que pediram a prisão, foi o assistente de defesa, que também é parente da vítima. Ele tomou parte dos autos e pediu a prisão dos três.

O dentista Leonardo Mendes voltou a ser preso depois de passar quase um mês detido. Ele foi preso em setembro e colocado em liberdade no mês de outubro sob suspeita de participação no desaparecimento do microempresário.

Pedro Ventura residia na rua Minas Gerais, no bairro Três Poderes. Segundo o delegado regional Eduardo Galvão, ele foi visto pela última vez na tarde do dia 21, em companhia da ex-mulher, de quem se havia divorciado no dia anterior.(fonte: blog ASMOIMP)

Notícias Relacionadas

POLICIAL 7843504330778943370

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item