COMUNISTA TRISTE: PSDB DE IMPERATRIZ E SÃO LUIS OBRIGATÓRIAMENTE TERÃO CANDIDATURAS PRÓPRIAS



Eleições 2016:

O que se ouve falar na cidade, é que o PSDB em reunião com a alta cúpula tratou das eleições de 2016, e se tratando de maranhão a executiva nacional determinou que em São Luís, e Imperatriz o partido tenha  candidatura própria, de acordo com as informações, chegada até nossa redação, o prefeito de Imperatriz ainda tentou espernear na reuniãoa, contra a decisão.

 O presidente Nacional da sigla tucana Aécio Neves, que veio a imperatriz na campanha, e pediu voto para Flávio Dino que tinha como vice, o presidente Estadual do PSDB Carlos Brandão, não está nada satisfeito com o posicionamento do governador do Maranhão, por ele  tomar a frente, na defesa de Dilma, e  Lula, se esses comentários for 100% verídicos pode significar um indício de rompimento, e em 2018 poderá  não haver mais uma aliança entre tucanos e comunistas.

 Até mesmo por que os governadores do Maranhão, o de direito Flávio Dino, e muito menos o de fato Márcio Jerry em que se comentam nos quatros canto de imperatriz, e até por políticos da alta cúpula, que é ele quem realmente governa o maranhão, não está nem aí para o PSDB, então para a executiva nacional, não é importante o partido servir de bucha, para apoiadores do partido do mensalão, petróleo e etc... é melhor sair com candidatura própria.

 O PSDB tem dois pré-candidatos se articulando, em imperatriz o SUPER SECRETÁRIO da SERF e da SEPLUMA Daniel Sousa, e o vereador e vice-presidente da Câmara Esmerhadson de Pinho. Daniel é inegável deixar de reconhecer o quanto é trabalhador, e tarefeiro, ele resolve mesmo, mais infelizmente não tem o cheiro de povo, não tem a essência popular, ( traduzindo não tem densidade eleitoral), que são adjetivos imprescindível para quem almeja disputar um cargo político , traduzindo não tem densidade eleitoral.

Já Esmerhadson é vereador de primeiro mandato, vice-presidente da Câmara pela segunda vez, e Dr. Se não me engano em administração e marketing, intelectualmente está preparado para suceder o prefeito Madeira, mais o que se ouve falar é que ele não goza da confiança do casal Madeira, onde se pôde acompanhar aparentemente é que o vereador sempre foi fiel ao grupo tucano. Pelo o que eu acho uma opinião minha, se o PSDB lançar um candidato a vice ou a prefeito não será nem Esmerhadson e nem Daniel, será um trunfo que Madeira tem na manga... vamos ver no desenrolar.

Caso se concretize  mesmo a idéia da candidatura própria do PSDB,  que é um desejo da direção nacional e da militância tucana,  os planos eleitorais do PCdoB terão que ser refeitos.  É que o deputado Marco Batista,  prefeituravel comunista,  articula seu nome confiado no apoio do governador Flávio Dino e do prefeito Madeira. Nesse caso o parlamentar será constrangido a retomar diálogo com os aliados históricos PT e PDT.  Este último tem como candidatavel a ex-deputado Rosângela  Curado

NA CAPITAL


Em São Luís o PSDB poderá lançar o ex-prefeito João Castelo, o deputado licenciado e secretário da SEDES Neto Evangelista ou, o Suplente de Senador Pinto da Itamaraty. 

Notícias Relacionadas

POLITICA 6142464274633373420

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item