Deputados preparam rebelião para 'interditar' Waldir Maranhão


O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA) durante coletiva sobre sua decisão de suspender a tramitação do impeachment contra Dilma Rousseff, em Brasília (DF) - 09/05/2016(Alan Marques/Folhapress)

Diante da indigesta situação de ter de engolir Waldir Maranhão (PP-MA) na presidência interina da Câmara, deputados de mais de dez partidos preparam uma agenda para impedir a atuação do deputado, que aliou-se ao governo para barrar o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Maranhão convocou sessão extraordinária com uma extensa lista de 64 itens na pauta para as 8h desta terça-feira. O objetivo de parlamentares contrários ao novo presidente é promover uma debandada em massa do plenário, de modo a inviabilizar o quórum necessário para a votação de qualquer projeto.

Em outra frente, o grupo pretende boicotar a reunião de líderes, que tradicionalmente acontece nas tardes de terça-feira.

Líderes de catorze partidos assinaram na noite desta segunda-feira requerimento convocando sessão para a noite de terça com uma pauta única: a invalidação do ato de Maranhão que acatou recurso do governo e anulou a continuidade do impeachment contra Dilma aprovada pela Câmara em abril. A previsão é que a sessão seja bastante tumultuada e volte a dividir o plenário - agora com aliados do Planalto na função de oposição apresentando o tradicional "kit obstrução" para barrar a sessão.

"O deputado Maranhão perdeu claramente a possibilidade política de dirigir essa Casa após essa estapafúrdia decisão", afirmou o líder do PSD e presidente da comissão do impeachment, Rogério Rosso (PSD-DF). "Nós não vamos permitir que ele conduza essa sessão", afirma o líder do DEM, Pauderney Avelino (AM). O temor é o de que Maranhão, como presidente, se recuse a discutir a anulação de suas próprias decisões. A cúpula da Câmara, porém, afirma que não há previsões regimentais para impedi-lo de comandar a sessão.

Também está prevista para a tarde desta terça-feira reunião da Mesa Diretora para tentar pressionar Maranhão a revogar o ato, caso ele compareça ao encontro, ou para buscar uma alternativa para reverter a canetada do deputado do PP.(veja.com)

Notícias Relacionadas

POLITICA 5566628454367409538

Postar um comentário

Câmara Municipal de Imperatriz

Câmara Municipal de Imperatriz
FAZENDO MAIS PELA NOSSA CIDADE

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item