"FLÁVIO DINO CONTINUA EM BUSCA DE DESGASTE SEM NECESSIDADE"


‘Discordo, mas respeito’, avalia Flávio Dino sobre recuo de Waldir Maranhão
Presidente interino da Câmara revogou própria decisão sobre impeachment.
Governador do MA é um dos principais defensores de Dilma Rousseff.

Flávio Dino discorda, mas respeita medida de Waldir Maranhão (Foto: G1)
O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), voltou a usar as redes sociais na manhã desta terça-feira (10) para se posicionar sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Desta vez, Dino afirma que, apesar de discordar, respeita a medida tomada na madrugada pelo presidente em exercício da Câmara dos Deputados e aliado político, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), de revogar a própria decisão que proferiu ao tentar anular a sessão da Câmara que aprovou a abertura do processo.

“Em face da decisão do Senado, o dep Waldir Maranhão revogou sua decisão sobre o recurso da Advocacia Geral da União. Discordo, mas respeito. O dep Waldir Maranhão teve a coragem que poucos tiveram: votou NÃO ao golpe e tentou conter a marcha da insensatez. Tem o meu respeito”, escreveu em seus perfis nas redes sociais.
Dino diz se orgulhar em ‘defender a Constituição’(Foto: César Hipólito/TV Mirante)

O governador do Maranhão acrescentou que se orgulha em ‘defender a Constituição, a Democracia e o Estado de Direito’. “Muito difícil discordar e se manter firme diante dessa onda avassaladora e ‘consensual’. Foi assim em 1964 e está sendo assim novamente. Orgulho-me de defender a Constituição, a Democracia e o Estado de Direito, princípios que estão muito acima de conjunturas difíceis. Lembro-me sempre do deputado Tancredo Neves se opondo a Auro Moura Andrade em noite tenebrosa e ‘consensual’ no Congresso em abril de 1964”, completa.

Flávio Dino é um dos principais defensores de que não há motivos para o impeachment de Dilma Rousseff. Na publicação desta terça-feira, ele garante que seguirá na ‘luta em defesa do mais longo ciclo democrático da vida institucional brasileira’. “Parabenizo o grande jurista José Eduardo Cardoso, irreparável na defesa competente e séria do mandato constitucional da presidenta Dilma. E segue a luta em defesa do mais longo ciclo democrático da vida institucional brasileira. Estamos diante de um absurdo político e jurídico”, escreveu.
saiba mais
É 'natural' deputado pedir opinião, diz Dino sobre decisão de Maranhão
Flávio Dino fala em ‘golpe’ e defende que ‘não há razão para impeachment’
Flávio Dino critica processo de impeachment aberto contra Dilma

Para apoiar seu argumento, o governador do Maranhão relembra as manifestações de juristas brasileiros e da posição do secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, e do presidente da Corte Interamericana, Roberto Caldas, que manifestaram “preocupação” com o impasse político em torno do caso.

Relembre
Nessa segunda-feira (9), o governador Flávio Dino havia utilizado as redes sociais para se posicionar favorável à decisão de presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão, de anular a votação que aprovou o processo de impeachment, dizendo ser ‘natural’ o deputado Waldir Maranhão, sendo do mesmo Estado, pedir a ‘opinião sobre temas relevantes’.
Deputado Waldir Maranhão revogou própria decisão de anular processo (Foto: Reprodução/GloboNews)

“Natural que o deputado Waldir Maranhão, sendo do meu Estado, peça minha opinião sobre temas relevantes. Como eu peço a ele também. Juridicamente, a decisão do deputado Waldir Maranhão é centenas de vezes mais consistente do que o pedido do tal "impeachment". Realmente fico perplexo como alguém pode inventar essa tese de "pedaladas" e meia dúzia de decretos orçamentários como causa de impeachment”, escreveu Dino nas redes sociais. (fonte:Do G1 MA)

Notícias Relacionadas

POLITICA 7588266427061798476

Postar um comentário

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item