SERÁ MESMO QUE PALOCCI VAI BOTAR A BOCA NO TROMBONE.?

Palocci oferece a Moro informações para mais um ano de Lava Jato.

No depoimento ao juiz Sérgio Moro, o ex-ministro dos governos Lula e Dilma confirmou o caixa 2 generalizado e disse que todo mundo sabia disso. Fonte G1



FOTO INTERNET

O ex-ministro dos governos Dilma e Lula Antonio Palocci diz que pode revelar nomes e operações que renderiam mais um ano de investigações na Lava Jato.

Palocci é apontado por vários delatores como o principal arrecadador do PT. No depoimento ao juiz Sérgio Moro, ele confirmou ainda o caixa 2 generalizado e disse que todo mundo sabia disso.

Antonio Palocci admitiu o uso de caixa 2 em campanhas políticas, inclusive no Partido dos Trabalhadores.

“Não vou ser hipócrita de dizer que nunca vi, não sabia. Soube de algumas ocasiões em que houve pagamento não contabilizado. O senhor perguntou? Desculpa”, disse Palocci ao ser interrompido com a pergunta: “Inclusive do Partido dos Trabalhadores?”

“Eu digo de todos os partidos, ou pelo menos dos grandes partidos, isso é uma situação mais que óbvia e conhecida por todos”, respondeu Palocci.

Palocci negou ter recebido propina em favor da Odebrecht durante os governos de Lula e Dilma, de quem foi ministro. E afirmou que não é o "Italiano" das planilhas da Odebrecht.

“‘Italiano’ pode ser eu, como 40 milhões de brasileiros, ninguém na Odebrecht nunca me chamou de ‘Italiano’”, disse o ex-ministro.

Mas vários delatores já afirmaram que "Italiano" era uma referência a Antonio Palocci e que ele gerenciava uma conta corrente do PT junto à Odebrecht. Entre esses delatores estão Marcelo Odebrecht, o ex- executivo da empresa Alexandrino Alencar e os marqueteiros João Santana e Mônica Moura, que fizeram as últimas três campanhas do PT à Presidência.

Sérgio Moro: - A senhora tinha algum interlocutor financeiro dentro do Partido dos Trabalhadores?
Mônica Moura: -- Sim, sempre o Antonio Palocci.

No fim do depoimento, Palocci se ofereceu para revelar nomes e situações que seriam de interesse da Operação Lava Jato. Um aceno para um possível acordo de delação premiada.

“Encerro aqui e fico à sua disposição, hoje e em outros momentos, que todos os nomes e situações que eu não..., que eu optei por não falar aqui, por sensibilidade da informação, estão à sua disposição, o dia que o senhor quiser, e se o senhor estiver com a agenda muito ocupada, a pessoa que o senhor determinar eu imediatamente apresento todos esses fatos com nomes, endereços, operações realizadas e coisas que vão ser certamente do interesse da Lava Jato, que realiza uma investigação de importância, e acredito que posso dar um caminho, talvez, que vá lhe dar mais um ano de trabalho, mas é um trabalho que faz bem ao Brasil”, concluiu Palocci.

O tesoureiro das campanhas de Lula e Dilma, José de Filippi Junior, afirmou que todos os recursos sob responsabilidade da coordenação financeira das campanhas presidenciais de 2006 e 2010 foram recebidos via transferência bancária, declarados e aprovados pela Justiça Eleitoral.

O Partido dos Trabalhadores não quis se manifestar.

Notícias Relacionadas

POLITICA 8154525967408323950

Postar um comentário

Câmara Municipal de Imperatriz

Câmara Municipal de Imperatriz
FAZENDO MAIS PELA NOSSA CIDADE

Enquete

Canal de Videos

Últimas Notícias

Encontre-nos no Facebook

CNT Oline

item